A Palavra, o Nome, o Sangue


Por: Joyce Meyer
Porque as armas de nossa milícia não são carnais, senão poderosas em Deus para a destruição de fortalezas. (2 Corintios 10:4) Quanto mais está perto à segunda vinda de Jesus mais ferozmente ataca Satanás. Trata de derrotar à Igreja como corpo e como indivíduos. Não há nenhuma esperança para vencer ao diabo sem uma revelação do poder da Palavra, do nome, e do sangue de Cristo. A Palavra de Deus não é somente uma arma defensiva, senão também ofensiva.

Ao falar a Palavra com fé, empregamos uma espada de dois gumes que destrói o inimigo. Jesus nos deu um poder legal para usar: Seu nome. O crente que tem fé no poder do nome de Jesus e que o usa, fará muito dano ao reino das trevas.

O sangue também é uma arma poderosa. Por fé usamos nossas bocas em oração para aplicar o sangue, sobretudo ao que precise de proteção. A graça de Deus nos inunda com bênçãos enquanto oramos de acordo com a Palavra de Deus, no nome de Jesus, dependendo do sangue derramado.

A Palavra, o nome, e o sangue, estão na primeira lista dessas ferramentas, simples, mas poderosas, as quais foram entregues à Igreja para derrotar totalmente a Satanás. Use tuas armas espirituais!

2 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Pastor Zico,

Texto objetivo sobre a luta espiritual, sem paranóia envolvendo a batalha espiritual. Parabéns pela postagem e obrigado por incluir meu blog nos seus links.

Graça e Paz.

Juber

Eveline disse...

Palavras tremendas, simples e poderosas as quais todo crente precisa conhecer e usar com autoridade pois, o poder esta nas maos da Igreja

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...