Cadê Jesus?

Um dos textos mais interessantes que ja li sobre o natal.

Gente, que história fantástica essa que está sendo compartilhada na internet. A história conta sobre um casal: ele, chamado Zé, um nordestino estofador e Maria, do interior de Minas Gerais. Ela engravidou e disse que carregava o filho de Deus. Gente, pare para pensar: essa mulher é doida e esse marido deve ser cego, é ou não é verdade?!
Mas mesmo sendo doida essa história, ela chegou a Brasília e a presidente Dilma convocou seus aliados para saber o que fazer, porque estão dizendo que esse menino vai governar o país. Foi então que o aliado Jean Wyllys disse: “Vamos legalizar o aborto e convencer esta mulher que o país está em crise e que ter um bebê sem a presença do pai verdadeiro será difícil". Mas eles não acharam Dona Maria e tão pouco aprovaram a lei.
Isso, porque Dona Maria não estava em Minas, ela estava no Espírito Santo e saiu de lá há dois dias de ônibus para ir na casa de uns parentes no Rio de Janeiro, mas quando chegou ontem à noite na Rodoviária Novo Rio não tinha sinal da TIM e não conseguiu falar com seus parentes.
Como não tinha hotel livre por perto para ficar e o táxi, que nesta época do ano é bandeira dois, na rodoviária é bandeira três o ano inteiro, então, eles começaram a andar pela região procurando lugar para ficar, mas ninguém os aceitava. Foi quando na subida do Morro da Providência, um português dono de uma quitanda, ouvindo a história os deixou ficarem nos fundos da loja, mas logo Maria entrou em trabalho de parto e Jesus nasceu ali, junto com os gatos, papagaios e cachorros e sua mãe o colocou dentro de uma caixa de madeira, onde tinha verduras e para que houvesse um pouco de conforto amenizou a dureza da madeira com umas caixas de ovos e alguns panos e deitou ali o menino. O dono da quitanda tirou uma foto no celular e colocou no Facebook e em questão de minutos já estava no WhatsApp e Instagram. Também foi o assunto mais comentado no Twitter.
A notícia chegou a presidente e ela imediatamente ligou para o ministro e o chamou de incompetente e disse que ele não seria mais ministro e sim deputado federal para ficar brigando o resto da vida com a bancada cristã sem aprovar nada!!!
A presidente mandou os três maiores empresários brasileiros visitarem Jesus. Um trouxe dólares, outro, um Iphone 6 Plus e equipamentos eletrônicos da Apple para a família e o terceiro ia trazer ações da Petrobrás, mas devido a desvalorização resolveu dar água, que é artigo de luxo em São Paulo e vale mais.
Logo depois, Dona Maria e S. Zé saíram do local dentro de uma viatura da UPP e não foram mais vistos! A pergunta é: Cadê JESUS???
Onde estará Jesus nesta geração? Onde está Jesus na sua vida?!
Pense nisso e pergunte a outras pessoas #CadêJesus?

Minha História preferida de Papai Noel

Minha história preferida do Papai Noel

POR NATHAN BUSENITZ

Tem um monte de histórias do Papai Noel por aí nessa época do ano. Quase todas são completamente baseadas em fantasia. Rena voadora, um saco cheio de presentes, escalada sofrível de chaminés, uma roupa vermelha ridícula – tudo isso é ficção.

Mas quando meus filhos me perguntavam “Papai, o Papai Noel é real?” eu nem sempre dizia “Não”. Ao menos não na mesma hora.

A violência do Natal

A violência do Natal

POR MIKE COSPER

Faça um a favor a si mesmo antes do Natal. Leia os relatos dos Evangelhos sobre nascimento de Jesus. Depois, leia Gênesis de 1 a 3. Após isso, leia Apocalipse 12. Depois, abra em Romanos 16.20.

Essa é toda a história do Natal.

Não é simplesmente uma história doce e poética, anunciada por estrelas e anjos. É uma violenta história de guerra. A história de uma guerra cósmica. Um conflito entre forças do bem e do mal. Enquanto Maria entrava em trabalho de parto longe de casa, céu e inferno pegaram em armas.

Eu penso em Leeloo, do filme Quinto Elemento, que desceu à Terra no começo do filme perseguida por forças malignas que querem destruir o planeta. Ela é perfeita e inocente, mas também está aqui para lutar. Para gastar sua vida redimindo o planeta. Leia as passagens citadas e assista ao filme de novo. É a história do natal.

Carta a um Cristão Ansioso.

Caro Sr. Ansioso,

Olá amigo! Eu queria te agradecer por sua carta. Tenho que admitir, entretanto, que lamento saber de suas muitas e penosas ansiedades. Elas são uma carga que você não deveria carregar. Você não está sozinho. O mundo está cheio de gente ansiosa. Eu não me refiro às pessoas que estão ansiosas pelas coisas de Deus – pecado e tentação ou o estado de suas almas. Ah, se tivéssemos mais desse tipo de ansiedade e menos das preocupações mundanas! Não, nós nos preocupamos com todo tipo de coisas – dinheiro e saúde, casamento e filhos, escola e trabalho, reputação e aparência, hoje e amanhã; nos preocupamos com o que vamos comer, beber e vestir – e essa lista poderia continuar pra sempre. Em meu caso, preciso admitir, de vez em quando a ansiedade cobre a minha cabeça como uma sombra negra que parece quase impossível de escapar.

Uma palavra pastoral

1 - Uma Palavra Pastoral.

O que devemos guardar? 
Á bíblia nos ensina a guarda o nosso coração. 
Se o teu coração não esta mais disposto 3 situações pode ter acontecido.

1 - Você perdeu a caminhada e ficou sem saber para onde ir, por isso se senti tanto desanimo.

2 - Descobriu que a oportunidade passou e você não aproveitou de novo, e la se foi mais uma chance perdida.

3 - O tempo para algumas questão na sua vida acabou, e está na hora de seguir em outra direção.

Se o seu coração não está mais tire o corpo de lá. Seria como um pássaro que pode conhecer o mundo todo mais esta preso em uma gaiola.

 Agora como podemos conhecer o mundo, apenas aquele que o criou tem o mapa certo para aonde devemos seguir. 
Pergunte a Jesus e ele te mostrará o caminho. Jo. 14:6. 

Bom dia a todos pastor Zico.

Cultivando a obediência

CULTIVANDO A OBEDIÊNCIA- 1 Samuel 15.22

Na sua opinião, qual o maior problema da nação: a desobediência às autoridades constituídas ou a pobreza. Por que você pensa assim?

“Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar.” 1Sm 15: 22.

INTRODUÇÃO
Hoje em dia é comum os filhos desobedecerem a seus pais, alunos desobedecerem a seus professores, esposas ignorarem a submissão devida aos seus maridos. Enfim, o princípio da obediência anda em baixa na sociedade em que vivemos. O sentimento de “liberdade” toma conta das pessoas de tal forma que elas, cada vez mais, tornam-se egoístas e o resultado dessa quebra do princípio da obediência vem piorando a convivência entre as pessoas e até a espiritualidade vem se transformando numa espécie de banco para se obter vantagens sobre os outros ao invés de construir relacionamentos saudáveis.

Umas fotos










Obediência Deus

OBEDIÊNCIA A DEUS - 1-Sm 15.22,23


 Introdução
- Texto: 1Sm 15.22,23: "Samuel respondeu: - O que é que o Senhor Deus prefere? Obediência ou oferta de sacrifícios? É melhor obedecer a Deus do que oferecer-lhe em sacrifício as melhores ovelhas. A revolta contra o Senhor é tão grave como a feitiçaria, e o orgulho é pecado como é pecado a idolatria...".

- "Feitiçaria" = palavra invoca imagens de mulher vestida de preto, voando em vassoura ou que examina bola de cristal, enquanto o caldeirão está fervendo no fogo cheio de asas de morcego e pernas de aranha.

* Samuel viu feitiçaria na vida de Saul - ligou REBELIÃO e FEITIÇARIA, dizendo que as duas coisas "é como o pecado de feitiçaria".

O QUE NOS DIZ O NATAL

Depois de tantos anos, na verdade, depois de tantos séculos, o tempo retorna e a humanidade se prepara novamente para o maior acontecimento de todos os tempos: o Natal, o nascimento de Jesus, o Yeshua Hamaschia, - o Messias prometido, o esperado das nações.

 

Mas, o que nos diz o Natal?

 

O ANÚNCIO DO NATAL PARA MARIA

Um anúncio de grande repercussão na imprensa tem sido o aumento do salário mínimo. E a notícia não é muito boa não; na verdade, é a mesma de todos os anos: "O mínimo aumentou!" ...mas não se empolgue: o mínimo aumentou o mínimo possível.

Agora, outro anúncio que está sendo feito e bastante explorado é o anúncio da chegada do Natal. E a notícia é boa: Sábado é dia de festa!
Mas, ouça: somente tome o cuidado para não confundir Jesus Cristo com Papai Noel... porque essa confusão pode acontecer:
No livro do Apocalipse, Jesus tem os cabelos brancos como a lã e veste um manto vermelho - e Papai Noel tem os cabelos brancos como a lã e se veste de vermelho;
Na Bíblia lemos que Jesus tinha barba - e Papai Noel tem barba;
Os evangelhos ensinam que a vinda de Jesus é surpresa - a hora da vinda de Papai Noel também é surpresa;
Jesus trabalhou como carpinteiro - Papai Noel, diz a lenda, fabrica brinquedos de madeira;
Jesus é Todo-poderoso - e segundo também a lenda, Papai Noel consegue entregar todos os brinquedos, no mundo inteiro, em uma só noite;
A Bíblia ensina que Jesus distribui dons aos homens - Papai Noel distribui presentes;
Jesus está sentado num trono - Papai Noel senta-se num trono e tira retrato com as crianças;
E o Espírito Santo, o Espírito do Senhor Jesus diz: "Vem, vem" - e Papai Noel diz: "Ho, Ho, Ho!"

NOSSOS PRESENTES PARA JESUS

E os presentes de Natal... já fez as compras? Lá em casa estamos fazendo as contas. É diferente! ...mas já escolheu seus presentes?

Um marido perguntou à mulher: “Querida, o que é que você quer ganhar de Natal?” “Um radinho!”, ela disse. O marido não entendeu direito e tornou a perguntar: “O quê? Só um radinho?” E ela confirmou: “Sim, desses bem pequenos, que têm um carro importado do lado de fora!”

Mas o verdadeiro sentido do Natal, foi expresso por um menino cujo pai havia falecido. O menino foi questionado pelo professor na escola, nessa época de Natal. O professor perguntou: "Menino, o que você mais gostaria de ganhar no Natal?” E o garoto logo pensou no quadro com a foto do seu pai, que ficava exposta na parede do quarto; o menino pensou no pai que ele amava muito. Então, disse baixinho: "Ah! Professor, eu gostaria que meu pai saísse daquele quadro, saísse daquela moldura, e estivesse conosco outra vez." 

11 Perguntas Feitas ao Diabo


11 Perguntas Feitas ao Diabo

QUEM O CRIOU?
Lúcifer: Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]

COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?
Lúcifer: Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. [Ezequiel 28:12,13]

ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer: No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]

QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer: Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]

ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer: (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]

O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?

Lúcifer: Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]

O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?

Lúcifer: Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]

O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?
Lúcifer: Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. [Apocalipse 12:3,4]

COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?
Lúcifer: (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]

QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?
Lúcifer: Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas idéias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer as igrejas, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos pastores, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 corintios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]

E SOBRE O FUTURO?
Lúcifer: (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15]


MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJAM QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS, POR ISSO É UMA ILUSTRAÇÃO DA MAIS PURA VERDADE.

“COMO DIZ O ESPÍRITO SANTO: HOJE, SE OUVIRDES A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS OS VOSSOS CORAÇÕES.” HEBREUS 3:7,8

“Ninguém tem maior amor do que este: de dar a Sua vida em favor dos Seus amigos.” João 15:13
 

Sexo Evangélico

Sexo evangélico: Saiba mais sobre sex shop, fetiche,frequência sexual,sexo na menstruação,etc
O que um casal cristão deve ou não fazer.
Faça sol ou faça chuva, no frio ou no calor, com cansaço ou relaxado, não importa. O apetite sexual do brasileiro não encontra barreiras para se satisfazer. As pesquisas sinalizam, a mídia incrementa, os produtos estimulam. E o casal que busca viver dentro de princípios cristãos, com fidelidade conjugal e ética moral nem sempre consegue administrar desejos e possibilidades. Afinal, a própria Bíblia está cheia de orientações sobre comportamento afetivo e sexual entre casais. O apóstolo Paulo enfatizou que homem e mulher devem sempre manter um acordo sobre suas relações sexuais a fim de evitar tentações (1 Cor 7:5). Diante de tantas pressões, o escritor do maior número de cartas do Novo Testamento sintetizou muito bem: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por elas” (1 Cor 6:12). Assim sendo, o que seria lícito ou não para um casal cristão nos momentos de intimidade?

O Maldito Vício da Pornografia


O MALDITO VÍCIO DA PORNOGRAFIA!

Começo esse post com três observações. Primeiro, estou escrevendo para aqueles que entendem a pornografia como algo prejudicial para sua vida e gostariam de se ver livres dela. Segundo, meus textos costumam ser direcionados a casais casados, mas se você é solteiro, leia mesmo assim, tenho certeza que vai te acrescentar de alguma forma. Terceiro, não sei se você é evangélico, católico, muçulmano, espírita ou de qualquer outra denomiação. Não importa! Se você é um ser humano, com falhas e imperfeições, assim como eu, invista uns minutinhos nesta leitura!

Vou direto ao ponto!

Pornografia: "representação, por quaisquer meios, de cenas ou objetos obscenos destinados a serem apresentados a um público e também expor práticas sexuais diversas, com o intuito de despertar desejo sexual no observador. Quase sempre a pornografia assume caráter de atividade comercial, seja para os próprios modelos, seja para os empresários do setor."

Não podemos negar os fatos. A pornografia é uma realidade no meio cristão, uma realidade epidêmica! Uma pesquisa realizada pelo BEPEC, entre casais evangélicos, revela que 32,03% dos entrevistados possuí o hábito de acessar pornografia. Já entre os jovens solteiros, a porcentagem sobe para 67,21%! E o que explica estatísticas tão altas para um comportamento que aprisiona vidas e destrói relacionamentos? Simples, assim como o cigarro e o álcool, a pornografia é um vício que traz prazer momentâneo e imediato. Os homens estão sempre prontos e desejosos de sexo, ao contrário das mulheres. O dia pode ter sido exaustivo, o corpo pode estar cansado, mas o "dispositivo" sexo permanece intacto. E é assim que funciona com a mulher da pornografia. Ela está sempre pronta e disponível, a qualquer hora do dia ou da noite, e seu emocional nunca será um empecilho, diferentemente da mulher da vida real. Além disso, é uma pessoa sem pudores, disposta a realizar toda e qualquer fantasia, arrancando o homem da vida real e levando-o para uma sedutora "vida sexual surreal".

Pronto, aí está a resposta (que não justifica o erro). 

Mas enxergo o vício da pornografia como qualquer outro pecado, assim como a irritabilidade, arrogância, murmuração ou legalismo, e sei que Deus pensa da mesma forma. Ele não coloca os pecados em patamares diferentes: "Pornografia = grave e roubar balas = leve". Não, isso não existe! Ele sabe que somos humanos, limitados e pecadores. Sabe que temos as nossas fraquezas. Mas também acredito que para vivermos num relacionamento profundo e cheio de intimidade com nosso cônjuge, noivo, namorado e principalmente com Deus, precisamos nos livrar de algumas coisas. E a pornografia é uma delas. 

Pastora Americana é Agredida em ORLA da Barra e esta em estado grave/


Pastora Renee Murdoch levou golpes com pedaço de madeira na cabeça.

Suspeito visivelmente desorientado quase foi linchado antes de ser detido.

Bernardo Tabak
A americana Renee Eliott Murdoch foi agredida com um pedaço de madeira pelo morador de rua  Alexandre Luis de Oliveira Francesco, 38 anos, na orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na tarde desta sexta-feira (26), e está internada em estado gravíssimo no Hospital Miguel Couto, na Zona Sul, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde. Ela sofreu um traumatismo craniano, passou por duas neurocirurgias e segue em estado gravíssimo e estável. 
De acordo com informações da 16ª DP (Barra da Tijuca), onde o caso foi registrado, o morador de rua foi preso em flagrante. Ele foi conduzido à delegacia e autuado pelo crime de tentativa de homicídio. Ainda segundo informações da delegacia, não há confirmação de que o morador de rua seja usuário de crack, apenas que ele aparentava sintomas de deficiência mental.
Pedaço de madeira usado por morador de rua para agredir pastora americana na praia da Barra (Foto: Bernardo Tabak/G1)Pedaço de madeira usado na agressão (Foto:
Bernardo Tabak/G1)
Alexandre estava depredando um quiosque e, por isso, a Guarda Municipal foi chamada por um senhor que caminhava na orla. Ao chegarem no local, ele já havia agredido a vítima, que fazia cooper no calcação. Pessoas que estavam no local e funcionários de prédios conseguiram conter o morador e estavam prestes a lincha-lo quando dois guardas chegaram e impediram. O episódio ocorreu na Avenida Lúcio Costa, em frente ao condomínio Alfa Barra. 
Bombeiros do Grupamento de Busca e Salvamento da Barra também foram acionados.
Renee é pastora fundadora da Igreja Luz às Nações, com sede no Recreio e em Niterói, na Região Metropolitana. Funcionários da igreja informaram que ela vive no Brasil desde 2000, quando fundou a igreja. Ela é mãe de quatro filhos e casada com o pastor Phillip Murdoch.

7 passos para recuperar a autoridade com seu Filho

É possível mudar os rumos do comportamento da criança de até 12 anos, mas compreender e aceitar limites depende da persistência e da clareza dos pais

Renata Losso- especial para o iG São Paulo |
Getty Image
Paciência e persistência: em sete passos, é possível recuperar a autoridade com a criança

Se os pais perceberam que são facilmente desobedecidos e até manipulados pelas crianças, é hora de rever as regras do jogo – e colocá-las em prática. Com a ajuda de seis especialistas, confira sete passos para recuperar as rédeas da situação dentro e fora de casa, com filhos de até 12 anos.
1. Estabeleça regras gradativamente
Depois de alinhar um plano de ação com seu parceiro, tenha uma boa conversa com seu filho. Explique que as coisas irão mudar e comece colocando regras sobre o que mais incomoda – sejam os brinquedos desorganizados ou a manha para ir dormir. “Pense no que não está bom e deixe claro que não irá aceitar mais aqueles comportamentos”, diz a psicopedagoga Nívea Fabrício, diretora do Colégio Graphein. A criança precisa saber o que estão esperando dela.
Faça o teste e descubra se você é uma mãe permissiva, participativa ou autoritária
2. Faça combinados claros
Você sabe que seu filho sempre faz um escândalo se você não dá aquele brinquedo que viu na vitrine do shopping. A partir de hoje, antes de sair, você vai combinar com ele que não irá comprar nada que não seja estritamente necessário. Pode ser que você já fizesse isso antes, mas de acordo com Suely Palmieri Robusti, diretora educacional da escola Novo Ângulo Novo Esquema (NANE), o combinado precisa se manter consistente. “Não cumpriu, volta para casa”, orienta. Melhor perder uma viagem ao shopping que a autoridade com seu filho.
Leia mais sobreconsumismo infantil
3. Mostre que atos têm consequências
A punição deve ser usada como último recurso, segundo a psicóloga e psicoterapeuta familiar Ana Gabriela Andriani. Depois de explicar diversas vezes que um comportamento não é aceitável, como sair da mesa na hora do jantar, os pais devem avisar que, se fizer isso novamente, a criança passará o dia seguinte sem videogame ou outro elemento de que ela gosta. Caso a criança desafie os pais, o prometido deve realmente ser aplicado. Por isso que não vale inventar castigos absurdos, como deixar a criança dois meses sem jogar bola. Assim, nem a criança nem os pais aguentarão e o limite se perde.
Getty Images
Recuperando a autoridade: reforce o bom comportamento com um passeio especial
4. Reforce o bom comportamento
Se a criança arrumou a cama todos os dias durante uma semana, os pais podem levá-la para andar de bicicleta no sábado, por exemplo, como sugere a psicóloga comportamental infantil Jéssica Fogaça, da Estímulo Consultoria. A criança será estimulada a manter o respeito aos combinados com os pais. Mas compense com atenção, não com dinheiro. “O importante é não sugerir coisas materiais nessa hora”, esclarece. Veja 31 ideias para passar tempo com as crianças sem gastar muito dinheiro.
5. Seja firme e carinhoso ao mesmo tempo
Não adianta ter raiva e gritar na hora em que a criança desobedece ou faz o maior escândalo para tentar conseguir o que quer. “Tentar impor o limite através do grito ou da agressão não dará nenhum respeito aos pais”, diz Ana Gabriela. Se o adulto começa a falar mais alto que a criança, está descendo ao mesmo comportamento do filho e a relação entre ambos deixa de ser vertical. Procure se acalmar antes de explodir e, por mais que a criança chore, não ceda: “'Não' é 'não', mas o pai não precisa deixar a criança sofrendo. Ele pode dar o 'não', explicar a razão e acolher a criança”, explica. Segundo a psicopedagoga Nívea Fabrício, a criança deve saber que o limite faz parte da vida e não tem a ver com afeto.
Descubra os limites da bronca
6. Explique o porquê do não
Para a psicóloga e pedagoga Regina Mara Conrado, coautora do livro “Filhos e Alunos Sem Limites: Um Desafio para Pais e Professores” (Editora WAK) ao lado de Lucy Silva, os pais devem dialogar com o filho sempre que ele tiver uma atitude inadequada e mostrar porque aquele comportamento não foi bacana. Jéssica Fogaça comenta: “O que ajuda a criança a entender o limite são a constância e a explicação”. Os pais, portanto, terão que ter paciência e explicar o que pode e o que não pode várias vezes – e sempre cobrar o comportamento que se espera que ela tenha.
7. Aguente a frustração dos filhos
Para a criança que não está acostumada a receber limites, começar a recebê-los será frustrante. Mas Suely Palmieri Robusti recomenda a insistência. “É deixar espernear algumas vezes e insistir no 'não'”. Lembre que o limite é uma coisa de que seu filho precisa, não somente algo que você quer. A culpa é a pior causa da falta de autoridade dos pais, que se tornam permissivos por se sentirem ausentes. A psicoterapeuta de família Ana Gabriela lembra que é preciso se ater à qualidade dos momentos vividos com os filhos, e não à quantidade. E quanto mais educados eles forem, melhores serão estes momentos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...