O VALOR DA PRESENÇA DE DEUS EM NOSSA FAMÍLIA


"...Como trarei a mim a Arca de Deus?...

ficou a Arca de Deus com a família de Obede-Edom três meses em sua casa; e o Senhor abençoou sua casa e tudo o que ele tinha" I Cr. 13:12 e 14.

Davi estava consolidando seu reinado política e nacionalmente, quando se lembrou da Arca da Aliança e resolveu traze-la de Quiriate-Jearim para Jerusalém, a capital de Israel. É o início do reavivamento em Israel.

A Arca permaneceu de 70 a 80 anos fora de Jerusalém, 20 dos quais ficou guardada na casa do irmão mais velho de Davi, Abinadabe (I Sm 7.1, II Sm 6.3, I Cr 13.7), que encarregou seu filho Eleazar para tomar conta da Arca.
Para o transporte da Arca de Quiriate-Jearim a Jerusalém, construíram um carro-de-boi novo, que foi guiado pelos filhos de Eleazar, Uzá e Aiô.
Durante a viagem, a Arca quase caiu do carro, pelo que Uzá segurou-a, não agradando a Deus com sua atitude, e Deus o matou por isso. Estavam fazendo uma coisa certa (levar a Arca para Jerusalém, para que o povo se lembrasse da ação e da presença de Deus), de forma errada (só levitas poderiam transportar a Arca e os dois jovens não eram levitas).

Mas, O QUE ERA A ARCA DA ALIANÇA?

Era um símbolo da presença de Deus no meio do povo de Israel. E o que a Arca tinha dentro? Em Hb.9:4, lemos que estavam dentro:

a) Uma botija com uma porção do MANÁ, que lembrava o pão com o qual Deus sustentou Seu povo, Israel, durante os 40 anos da travessia do deserto, rumo a Canaã.

Ex. 16:33. O pão simbolizava Cristo, o Filho, pois Ele é o "Pão vivo que desceu do céu.";

b) O BORDÃO DE ARÃO que tinha florescido. Nm. 17:5-10.

Simboliza o Espírito Santo, ou a Unção de Deus realizando maravilhas; de uma vara - um bordão de pastor - brotou um rebento para dar fruto. Da cruz, o Espírito Santo fez brotar vida em nós, a Salvação;

c) As TÁBUAS DA LEI ou da ALIANÇA, significando a vontade do Pai, ou Sua Pessoa. Dt. 10:2 a 5.A Arca era, portanto, um objeto que trazia à memória do povo de Israel "grandes coisas que o Senhor tinha feito por eles" durante a sua libertação da escravidão do Egito. Era a lembrança da própria Trindade divina para Seu povo.

Interessante, a Arca permaneceu durante 20 anos na casa de Abinadabe. Mas, por que será que a casa de Abinadabe não foi abençoada nesse tempo em que a Arca esteve em sua casa? Entendo que Abinadabe não deu importância à presença de Deus em sua casa, pois a Arca tinha este significado. Talvez, para ele, era um "baú velho" encostado num canto da casa, guardado até que alguém o reclamasse. Muitas vezes, não temos cultivado a presença de Deus em nossa casa; não temos dado o devido valor à Palavra de Deus em nossas mãos, em nossa língua, ao nosso alcance. Abinadabe não deu importância ao seu conteúdo, sua origem, seu significado e seus efeitos. Talvez nunca a abriu para ver o que havia lá! Talvez nunca falou para seus amigos sobre a riqueza espiritual e cultural que tinha em sua casa. Comparo essa atitude ao espírito de religiosidade que tem dominado a muitos corações nos nossos dias; nunca desejaram conhecer as riquezas da glória de Deus que há em Sua Palavra; nunca a abriram para lê-la com fome de Deus! Abinadabe estava satisfeito com a vida que estava levando...Comodismo! Perdeu a bênção!

E POR QUE A CASA DE OBEDE-EDOM E TUDO QUANTO ELE POSSUIA FORAM TÃO ABENÇOADOS DURANTE OS

TRÊS MESES EM QUE A ARCA PERMANECEU EM SUA CASA?

Entendo que Obede-Edom valorizou a presença de Deus em sua casa. Sem essa de idolatria! Adorou-O e O louvou por Sua presença em seu lar, e por tudo que ela significava. Ele buscou a Deus diligentemente: deve ter realizado cultos todos os dias em sua casa, com a presença de seus amigos e vizinhos, celebrando a libertação do povo de Israel do Egito, falando do significado de cada peça que estava na Arca. Foi uma bênção!

Mas, o que a Arca tem a ver conosco nos dias de hoje? Creio que tem muito a ver. Tem tudo a ver. A Palavra de Deus (as tábuas da Lei) têm estado em nosso lar e em nossa vida? A Salvação (o Maná, Jesus) tem estado presente em nossas atitudes no dia-a-dia? Temos deixado que o Espírito Santo (o Bordão de Arão, a Vara que floresceu) seja realidade atuante em nosso viver de cada dia? Temos aproveitado as oportunidades que a Igreja tem oferecido para o nosso crescimento espiritual através das reuniões de oração, das vigílias, das batalhas de jejum e oração, da EBD, das reuniões dos Grupos Familiares, dos cultos de libertação, dos cultos dominicais, da participação na Mesa do Senhor? Como Família, precisamos estar em torno da Arca do Senhor, ou seja, do próprio Senhor em tudo. É tempo de buscarmos a Arca do Senhor pra dentro de nossa casa, em nossa vida.

Que Deus nos abençoe

2 comentários:

grupo sagrada familia disse...

VCS E SUAS SEITAS LEIA MAS A PALVRA DE DEUS TA EM APOCALIPSE 12,1 OU EM LUCAS 1,28-33 42-56 SE TIVER NA SUA BIBLIA SE VCS NÃO RASGARAM DIZ QUE MARIA A MÃE DO NOVO HOMEM E É SANTA E FOI UM ANJO DE DEUS QUE FALOU O ANJO GABRIEL AVE CHEIA DE GRAÇAS TÁ IRMÃO LEIA MAS SOBRE A PALAVRA DE DEUS

Noemi disse...

VISITANDO SU BLOG DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA, QUE BUENO RECONOCER QUE DIOS SEA EL CENTRO EN NUESTRAS FAMILIAS, LES DESEO MUCHISIMAS BENDICIONES Y QUIERO APROVECHAR INVITARLES A MI BLOG
www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
COMPARTO MI TESTIMONIO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...